maggbahia@hotmail.com

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Dicas de hidratação para o carnaval



O nutricionista Daniel Chreem, nos orienta:

O consumo inadequado de água pode gerar quadros extremamente desagradáveis, como cansaço e fadiga recorrentes, desânimo, perda de cognição motora, desatenção, redução metabólica entre outros.

"É importante lembrar que o sinal da sede já é um aviso corporal de início de desidratação leve, portanto não devemos nos hidratar apenas quando sentirmos a boca seca", alerta ele, ressaltando que o álcool é o único nutriente que é absorvido ainda no estômago (enquanto os outros são absorvidos a partir do intestino), logo, suas "consequências" são assimiladas com antecedência pelo corpo.

"Por isso, consumir álcool em jejum faz tão mal. Para que nosso corpo não sinta precocemente seus efeitos adversos, é preciso estar bem alimentado. Geralmente, nosso organismo metaboliza uma lata de cerveja por hora. Porém intercalando cada drink com um copo de água este cenário pode ser melhorado", diz o nutricionista.

Para quem curte o carnaval mais intensamente durante o dia, as melhores dicas são:
Além de consumir cerca de 2L de água (mais ou menos 3 squeezes), beba, pelo menos, um repositor de eletrólitos por dia.
Evite almoços gordurosos ou frituras. Mesmo que estes alimentos consigam desacelerar o trânsito estomacal, lembre-se de que são formadores de tecido adiposo em potencial, ainda mais quando combinados com etanol.
Evites bebidas que contenham cafeína (cafés, achocolatados, refrigerantes, mates, etc), pois são estimulantes e diuréticos.

Para quem curte o carnaval mais intensamente durante a noite, as melhores dicas são:
Jamais saia para a balada de estômago vazio. Faça um lanche que contenha alguma fruta rica em vitamina C (laranja, acerola, abacaxi, morango, etc...). A frutose pode ser um importante aliado na absorção de açúcares simples que evitem a instalação dos males do álcool.
Mesmo se sentindo bem, antes de dormir, procure consumir 2 copos de água.
Prefira drinks alternativos e tropicais, com combinação de frutas.

Agora, se você não conseguiu seguir estas orientações e a ressaca já apareceu, não se esqueça de:
Ter um antiácido para eventuais irritações estomacais.
Se reidratar, tomando muita água no dia seguinte ao porre.
Consumir alimentos desintoxicantes (como frutas cítricas, azeite de oliva, cereais integrais, castanhas sem adição de sal, produtos à base de soja, vegetais como hortelã, couve, brócolis e etc)
Evitar consumo de cafeína e adoçantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não seja deselegante, utilize-se do seu espaço com dignidade.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.